RÁDIO WEB CEDEPPE

Centro de Desenvolvimento Pessoal e Profissional de Executivos

Qualidade e Gerenciamento de Projetos - Brasil, África, América Latina

Nossos Posts

EDUCAÇÃO MUSICAL

" Música é o que acontece entre as notas " T. Caldwell

O início do Século XX foi marcado por mudanças que tiveram impacto em todos os aspectos da vida humana. Neste período surgiram quatro músicos educadores que através de práticas pedagógicas inovadoras, lançaram as bases de toda a educação musical moderna: O suíço Émile Jaques Dalcrozet (1865-1950), músico e compositor fluente, desenvolveu o sistema que ficou conhecido como Dalcroze Eurhytmics de treinamento musical que tinha por objetivo criar, através do ritmo, uma corrente de comunicação rápida, regiular e constante entre o cérebro e o corpo, transformando o sentido ritmico numa experiência corporal, física.

O húngaro Zoltán Kodály (1882-1967) compositor que desenvolveu um sistema de educação musical para as escolas da Hungria enfatizando as canções do folclore nacional. Teve o apoio e incentivo do folclorista Béla Vikár. Uma curiosidade: Vikár foi o primeiro pesquisador em todo o mundo a utilizar em seus trabalhos o fonógrafo de Edison, registrando as canções em cilindros de cera.

O alemão Carl Orff (1985-1982) muito ligado ao teatro, à literatura e à educação fundou em 1924 com a dançarina Dorothea Gunther, a Gunther School-escola onde se ensinava música, dança e ginástica para crianças. Seu trabalho é baseado em atividades lúdicas infantis (cantar, dizer rimas, bater palmas, dançar...) e na música tradicional e folclórica alemã.

O japonês Shin'ichi Suzuki (1898-1998) que criou o método Suzuki para o ensino do violino nos anos 40 - método inspirado na observação da maneira como as crianças aprendem a lingua materna, na primeira infância, através da habilidade de comunicação entre os pais e a criança. Em 1946, lançou o movimento de Educação para o Talento no Japão: a sua premissa é que todo indivíduo possui talentos que podem ser desenvolvidos pela educação.

Os educadores e a direção das escolas devem estar sempre atentos com relação a poluição sonora e preocupar-se em oferecer músicas de qualidade para as crianças, resgatando cantigas infantis, folclore, cultura da comunidade, do estado e do país.

Para cada sociedade e cultura, a história e a música estão relacionadas através do percurso da humanidade. Ambas desnudam o passado, permanecem atuantes no presente, registram permanências e possíveis mudanças no futuro.

Regina Célia L. Galeão Coutinho

Jornalista-Radialista

MTB 41.909

Fonte: Assessoria de Mídia - Cedeppe